Nuvens nacionais são realmente necessárias?

Flaggen_Rechteck_Header.pngEm muitos países, é comum haver quem defenda nuvens nacionais. Será que este é o futuro da segurança dos aplicativos na nuvem ou puro anacronismo? Vamos analisar se esta é uma questão de segurança de fato ou apenas de sensação de segurança.

Dois principais argumentos são usados a favor das nuvens nacionais: proteção contra acesso aos dados por autoridades estrangeiras e diferenças na legislação de proteção de dados de cada país.

Acesso aos dados

Geralmente, a proteção dos dados contra acesso indesejado é o que desencadeia o debate por nuvens nacionais. O apelo é que a nuvem também esteja no nosso próprio país, para evitar que estrangeiros acessem os dados de forma técnica ou legal. Mais especificamente, as discussões recentes envolviam até serviços secretos de outros países.

Na verdade, essa abordagem pode não ser muito realista em um mundo globalizado. Os principais pontos positivos da nuvem são o método altamente eficiente, flexível, seguro e econômico de oferecer potência de computação e espaço de armazenamento. Tudo isso só pode ser oferecido por empresas que sejam competitivas e lucrativas de forma consistente. Todos os fornecedores de nuvens nacionais funcionam de forma internacional, com subsidiárias nos países industrializados mais importantes. Para obter os dados desejados, basta que as autoridades desses países pressionem o bastante as subsidiárias. Isso não deixa claro se as nuvens nacionais poderiam adicionar segurança.

Padrões legais

Um segundo aspecto da discussão são as diferenças legais entre países. Muitos consideram que a legislação de seu próprio país é a melhor para garantir a proteção de dados. Por exemplo, mesmo na União Europeia, os países podem rejeitar uma nuvem europeia por não confiarem no sistema judiciário de seus vizinhos.

Segurança, não nacionalidade

Ambos os problemas, na verdade, indicam que o problema é a segurança, não a nacionalidade. Em vez de uma nuvem nacional, precisamos de uma nuvem segura. Essa segurança precisa ser garantida ainda no aplicativo. O DocuWare faz a criptografia de todos os documentos na nuvem. Ainda que autoridades estrangeiras tentem forçar o acesso aos documentos, seria necessário investir pesado para quebrar a criptografia. E qualquer um que tenha essa capacidade provavelmente ganha acesso à nuvem, não importa o país ou a localização.

Bons aplicativos já oferecem mais segurança do que qualquer software instalado no local. Porém, segurança absoluta não é possível, mesmo em uma nuvem nacional. É por isso que precisamos proteger os aplicativos na nuvem que sejam centrais a qualquer sistema. Em um mundo globalizado, em que todos os países saem beneficiados, uma nuvem nacional é anacrônica.
O que você acha disso? Deixe sua opinião nos comentários. Esperamos que a discussão seja proveitosa.

Tópicos: Cloud